Seja bem-vindo(a) ao Site da Paróquia São Geraldo

Acesse nossas Redes Sociais

Notícias

25/07 Notícias da Igreja Ataque com drone contra igreja na Síria deixa 1 morto e 12 feridos
Compartilhar

Desde seu início em 2011, o conflito sírio matou cerca de meio milhão de pessoas, devastou a infraestrutura e causou o maior deslocamento de pessoas desde a Segunda Guerra Mundial.

Ouça e compartilhe

Pelo menos uma pessoa morreu em um ataque de drone lançado no último domingo por facções rebeldes, durante a celebração da consagração de uma nova igreja ortodoxa em Suqaylabiyah, na província síria de Hama. Doze outras pessoas ficaram feridas. A explosão ocorrida entre a nova Igreja de Santa Sofia e uma marquise montada em frente à igreja fez com que as pessoas fugissem em pânico.

Inicialmente, uma das agências de notícias da Síria relatou dois mortos e 12 feridos “por um foguete lançado por organizações terroristas contra um encontro religioso na cidade de al-Suqaylabiyah, perto de Hama”. Uma informação atualizada indica que o ataque foi realizado por um drone armadilhado e tirou a vida de um civil e feriu outras doze pessoas.

Por sua vez, o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), que tem uma vasta rede de fontes na Síria, confirmou o ataque, considerando que poderia ser um bombardeio ou um ataque de drones por facções rebeldes, posicionados em áreas próximas. O OSDH confirmou um civil morto e vários feridos.

Esta área também abriga grupos rebeldes apoiados em diferentes graus pela Turquia, além de outras formações jihadistas, como Houras al-Din. Em março de 2020, a Rússia e a Turquia concluíram uma trégua que diz respeito a Idlib e áreas vizinhas. Essa trégua ainda se mantém ,apesar de ataques esporádicos de ambos os lados, incluindo contínuos ataques aéreos russos.

Desde seu início em 2011, o conflito sírio matou cerca de meio milhão de pessoas, devastou a infraestrutura e causou o maior deslocamento de pessoas desde a Segunda Guerra Mundial.

Segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, a igreja na cidade predominantemente cristã de Suqaylabiyah foi construída com a aprovação do governo sírio e com o apoio de partes da política russa e dos militares. É arquitetonicamente baseado na antiga Hagia Sophia em Constantinopla, que foi transformada em mesquita pelas autoridades turcas há exatamente dois anos.

Vatican News

Imagem capa: Pixabay

VEJA TAMBÉM