Seja bem-vindo(a) ao Site da Paróquia São Geraldo

Acesse nossas Redes Sociais

Notícias

16/05 Notícias da Igreja Canadá. Bispos: aguardando o Papa, continuamos o caminho de cura e reconciliação
Compartilhar

No dia 13 de maio a Sala de Imprensa Vaticana comunicou: “Aceitando o convite das autoridades civis, eclesiásticas e das comunidades indígenas, o Santo Padre Francisco fará uma Viagem Apostólica ao Canadá de 24 a 30 de julho próximo”. A Conferência Episcopal Canadense nomeou o arcebispo de Edmonton, dom Richard Smith, coordenador geral da visita do Papa: enquanto nos preparamos para acolher o Santo Padre, continuamos trilhando juntos nesta importante caminhada de cura e reconciliação, disse ele

Ouça a reportagem e compartilhe!

“Somos imensamente gratos ao Santo Padre por aceitar nosso convite para continuar o caminho de cura e reconciliação com os Povos Indígenas desta terra. No final de julho, o Papa Francisco terá a oportunidade de visitar os Povos Indígenas aqui em sua terra natal, como prometeu quando os encontrou recentemente em Roma. Rezemos pela saúde do Santo Padre enquanto iniciamos o planejamento intensivo desta visita histórica.”

Com estas palavras, o bispo de Saint Jérome e presidente da Conferência Episcopal Canadense (CCCB), dom Raymond Poisson, acolheu, em nome dos Bispos católicos do Canadá, a confirmação oficial da visita do Santo Padre.

No dia 13 de maio, de fato, a Sala de Imprensa da Santa Sé emitiu o seguinte comunicado: “Aceitando o convite das autoridades civis, eclesiásticas e das comunidades indígenas, o Santo Padre Francisco fará uma Viagem Apostólica ao Canadá de 24 a 30 de julho próximo, visitando as cidades de Edmonton, Quebec e Iqaluit. O programa e ulteriores detalhes da viagem serão anunciados nas próximas semanas”.

Encontros do Papa com os delegados indígenas

Como recorda o comunicado da Conferência episcopal, de 28 de março a 1º de abril o Santo Padre Francisco ouviu diretamente dos delegados indígenas que vieram ao Vaticano, acompanhados por alguns bispos canadenses, “as histórias daqueles que sofreram nas mãos de membros da Igreja católica e respondeu com compaixão, pesar e um genuíno desejo de verdade, justiça e cura”.

No final do encontro, o Papa havia enfatizado sua vergonha pelo papel da Igreja católica nesses eventos e se comprometeu a visitar os povos indígenas em solo canadense.

Edmonton, Québec e Iqaluit a serem visitadas pelo Papa

Dado o tempo limitado para a viagem, explica a Conferência episcopal, o Papa Francisco visitará somente três comunidades durante sua viagem ao Canadá: Edmonton, Cidade de Québec e Iqaluit.

Edmonton é o segundo maior centro para os povos indígenas que vivem nos centros urbanos do Canadá. Além disso, 25 escolas residenciais estavam localizadas em Alberta, a maior parte de qualquer outra província ou território do Canadá.

Iqaluit, com quase 8 mil pessoas, acolhe a maior população de Inuit (3.900) de todas as cidades canadenses com mais de 5 mil habitantes. Durante os encontros de março, o Papa Francisco foi pessoalmente convidado pelos delegados inuítes a visitar o Norte, onde se encontram.

A Cidade de Québec oferece um centro leste para aqueles que desejam viajar para ver o Papa Francisco, particularmente os povos indígenas do leste. A região também abriga a Basílica de Sainte Anne-de-Beaupré, um dos mais antigos e populares locais de peregrinação da América do Norte, para onde os povos indígenas e outros povos de todo o Canadá e de outras partes do mundo afluem a cada ano.

Dom Richard Smith, coordenador geral da visita do Papa

O programa detalhado dos encontros do Papa Francisco no Canadá será definido nas próximas semanas, juntamente com os representantes dos povos indígenas em nível local e nacional. A Conferência episcopal nomeou o arcebispo de Edmonton, dom Richard Smith, como coordenador geral da visita do Papa.

O arcebispo Smith acompanhou os delegados indígenas ao Vaticano no final de março e tem relações de longa data com os líderes indígenas. Dom Smith comentou sobre a nomeação:

“Sinto-me honrado em servir como coordenador geral para esta visita histórica do Papa Francisco. Estou ansioso para trabalhar com os povos indígenas em toda esta terra, assim como com parceiros locais, provinciais e federais. Enquanto nos preparamos para acolher o Santo Padre, continuamos trilhando juntos nesta importante caminhada de cura e reconciliação”.

(com Fides)

Vatican News
Imagem capa: Encontro do Papa Francisco com delegações dos povos indígenas do Canadá – 01.04.2022 (Vatican Media)

VEJA TAMBÉM