Seja bem-vindo(a) ao Site da Paróquia São Geraldo

Acesse nossas Redes Sociais

Notícias

18/04 Notícias da Igreja Francisco encontra adolescentes italianos: “um belo sinal de esperança”
Compartilhar

Após a oração do Regina Coeli, o Papa recordou o encontro desta tarde de segunda-feira com cinquenta mil jovens que vieram em peregrinação a Roma acompanhados por bispos e educadores. Este é o primeiro grande evento nacional no Vaticano desde o início da pandemia.

Mais de cinquenta mil jovens, entre 12 e 17 anos, vindos de toda a Itália, liderados por 60 bispos e acompanhados por dezenas de sacerdotes, religiosos e religiosas, educadores e líderes de associações, movimentos e comunidades. Esta é a identidade de #Seguimi, a peregrinação de adolescentes a Roma, organizada pela Conferência Episcopal Italiana, que se realiza nesta segunda-feira e que terá seu momento mais importante no encontro com o Papa Francisco, que também o mencionou no final do Regina Coeli de hoje.

Um Papa que ouve

De acordo com o programa, os adolescentes, após participarem do Regina Coeli com o Santo Padre pela manhã, retornarão à Praça São Pedro às 16h para a acolhida entre vídeos, canções e testemunhos. Às 17h30, o Papa Francisco entrará na praça para um passeio com o Popamóvel entre os adolescentes e para iniciar a vigília, que será caracterizada pela escuta das narrativas dos jovens que comentarão o capítulo 21, 1-19 do Evangelho de João, à luz de suas vidas. A seguir o discurso do Papa.

Evento símbolo de renascimento

O objetivo deste evento, escrevem os organizadores, é “viver uma experiência de comunhão fraterna e de fé”. É o primeiro encontro do Papa no Vaticano com jovens italianos após a longa pausa devido à pandemia, e é significativo que ocorra no dia seguinte à Páscoa, a festa que dá origem à fé, e infunde esperança e é um símbolo de renascimento”.

Dois encontros formativos

“Esta é a primeira peregrinação nacional dedicada aos adolescentes”, explicou padre Davide Brusadin, encarregado regional da pastoral juvenil para a região do Triveneto. “Nossos jovens se prepararam com dois encontros durante as quais entenderam o que significa seguir o Senhor e qual é a verdadeira essência de caminhar juntos”, acrescenta ele.

Frutos concreto

Alegria, partilha e aprofundamento da fé são os frutos que esta peregrinação trará. “Estou certa de que os jovens voltarão profundamente mudados por esta experiência”, diz Alessandra Catalano, educadora da Diocese de Molfetta. “Em seus corações – diz ela – eles acolherão uma felicidade que certamente nunca experimentaram. Eles voltarão para suas casas e comunidades, espalhando, sem limites, a alegria que receberam”.

Federico Piana – Vatican News
Imagem capa: Jovens durante o Regina Coeli na Praça São Pedro (Vatican Media)

VEJA TAMBÉM