Seja bem-vindo(a) ao Site da Paróquia São Geraldo

Acesse nossas Redes Sociais

Notícias

04/02 Notícias da Igreja O Papa, Fundação Casa do Espírito e das Artes: semente de esperança
Compartilhar

“Vocês dão sinais que se opõem à cultura do descarte, que infelizmente é muito difundida. Vocês procuram construir, com as “pedras descartadas”, uma casa onde se respira um clima de amizade social e fraternidade”, disse Francisco aos membros da Fundação Casa do Espírito e das Artes.

O Papa Francisco recebeu em audiência, nesta sexta-feira (04/02), na Sala Clementina, no Vaticano, um grupo italiano da Fundação Casa do Espírito e das Artes de Milão.

O Pontífice saudou os fundadores da organização, Arnoldo Mosca Mondadori e Marisa Baldoni, os detentos das prisões de San Vittore, em Milão, Opera e Alba, diretores e funcionários, parabenizando-os pelo trabalho que possibilita a expressão de talentos e a recuperação da dignidade de cada pessoa através de vários projetos, dentre os quais “o sentido do pão”, que são as oficinas de produção de hóstias nas quais trabalham pessoas em estado de grande fragilidade na Itália e no mundo.

São atividades artesanais e têm também um valor simbólico cristão: preparar as hóstias para a celebração eucarística; construir instrumentos musicais com madeira recuperada de barcos de migrantes; a carpintaria, como São José e Jesus; a produção do vinho, que é o símbolo da festa. Recordamos as bodas de Caná!

A seguir, o Papa saudou os refugiados que fazem trabalhos de alfaiataria. Saudou as mães solteiras e seus filhos, saudou as pessoas com deficiência, que também colaboram na preparação das hóstias e dos violinos. Saudou os músicos da orquestra multiétnica, os diretores e o maestro Piovani que compôs a música para o “Violino do mar”. Saudou as pessoas que vieram da Espanha, do Brasil e da Argentina, assim como os voluntários e colaboradores.

Agradeço a todos porque vocês são uma semente de esperança. Com o apoio da Fundação “Casa do Espírito e das Artes”, vocês dão sinais que se opõem à cultura do descarte, que infelizmente é muito difundida. Vocês procuram construir, com as “pedras descartadas”, uma casa onde se respira um clima de amizade social e fraternidade. Nem tudo é fácil, sabemos disso, e nem tudo são “rosas e flores”! Cada um de nós tem seus limites, erros e pecados, mas a misericórdia de Deus é maior, e se nos acolhemos como irmãos e irmãs, Ele nos perdoa e nos ajuda a seguir em frente.

O Papa agradeceu e incentivou os membros da fundação a prosseguirem neste caminho. “Que Nossa Senhora e São José os acompanhem. Mantenham sempre entre vocês e em suas oficinas o espírito da casa de Nazaré”, concluiu.

Mariangela Jaguraba – Vatican News

Imagem Capa: O Papa com um grupo da Fundação Casa do Espírito e das Artes de Milão (Vatican Media)

VEJA TAMBÉM