Seja bem-vindo(a) ao Site da Paróquia São Geraldo

Acesse nossas Redes Sociais

Notícias

29/06 Notícias da Igreja Vaticano apresenta identidade visual do Jubileu “ordinário” de 2025
Compartilhar

Foi apresentado na tarde desta terça-feira, 28 de junho, em Roma, o logotipo oficial do próximo Jubileu “ordinário”, que terá lugar em 2025. Para a escolha, foi lançado um concurso, aberto a todos. Segundo o presidente do Dicastério para a Evangelização, Arcebispo Rino Fisichella, foram recebidas um total de 294 inscrições de 213 cidades e 48 países diferentes, com idades entre os 6 e os 83 anos.

“De fato, muitos desenhos feitos à mão foram recebidos de crianças de todo o mundo, e foi realmente comovente ver estes desenhos fruto da imaginação e da simples fé.”

Durante a escolha, as obras foram identificadas apenas por um número, de modo que o autor permanecesse anônimo. Em 11 de junho, o Arcebispo Fisichella submeteu os três projetos finais ao Papa Francisco, que selecionou o que mais o impressionava.

“Depois de analisar os projetos várias vezes e expressar a sua preferência, foi escolhido o desenho de Giacomo Travisani”, disse o Arcebispo Fisichella.

Giacomo Travisani, presente na coletiva no Vaticano, explicou a sua ideia: ele imaginou todas as pessoas avançando juntas, “graças ao vento da Esperança que é a Cruz de Cristo e o próprio Cristo”.

Identidade Visual

O logo mostra quatro figuras estilizadas para indicar toda a humanidade dos quatro cantos da terra. Cada uma delas abraçando-se mutuamente, indicando a solidariedade e a fraternidade que deve unir os povos. A primeira figura está agarrada à Cruz. As ondas subjacentes são agitadas para indicar que a peregrinação da vida nem sempre se faz em águas calmas.

A parte inferior da Cruz é alongada, transformando-se numa âncora, que domina o movimento das ondas. As âncoras com frequência são usadas como metáforas de esperança.

A imagem mostra como a viagem do peregrino não é individual, mas sim comunitária, com os sinais de um dinamismo crescente que se move cada vez mais em direção à Cruz.

“A Cruz não é estática”, sugeriu Fisichella, “mas dinâmica, inclinando-se para encontrar a humanidade como se não a deixasse em paz, mas sim oferecendo a certeza da sua presença e a tranquilidade da esperança.”

Jubileu

Um Jubileu é “ordinário” se celebrado após o período habitual de 25 anos, e “extraordinário” quando é proclamado por algum evento notável.

O último Jubileu ordinário teve lugar no ano 2000 durante o pontificado do Papa S. João Paulo II. Em 2015, o Papa Francisco proclamou um Ano Santo Extraordinário de Misericórdia.

Com informações Vatican News

CNBB

VEJA TAMBÉM