Deus sempre está disposto a reconciliação

9 de março de 2020

A Quaresma é o período de preparação para a Páscoa do Senhor que nos convida a união com Nosso Senhor de modo mais profundo. Contudo para estar com Ele é preciso que almejemos ser como Ele. Neste processo de transformação se faz necessário que reconheçamos nossos pecados, assumamos nossas fraquezas para que na humildade experimentemos a misericórdia, e nos reconciliemos com o Senhor.


A Sagrada Escritura e a vida dos santos nos atestam que Deus sempre está disposto a reconciliação, portanto, somos nós que protelamos ou não buscamos ajeitar as coisas. Deixemos de lado nossas mágoas e expectativas frustradas, aproximemo-nos de Deus na oração. Avaliemos nossas vidas e no dia de hoje, nos questionemos, o que tem impedido minha amizade com Deus? Quais as minhas ações que diferem dos exemplos que Jesus e os santos me deram? De que me arrependo, de que me envergonho de ter praticado?


Com humildade, apresentemos todas as conclusões de nossa oração ao Senhor, busquemos um sacerdote e nos confessemos. Na Igreja Católica, a reconciliação é também um sacramento que tem poder de cura para nós, pois cura-nos do pior mal que o ser humano pode carregar, o pecado. Uma Santa Quaresma a todos.


FacebookWhatsAppTwitter