2019: O Ano da Liturgia

31 de dezembro de 2018

Que venha 2019! Abre-se um Novo Tempo! Que possamos aproveitar cada momento que Deus irá conceder-nos! Temos um Novo Ano para nele escrever mais uma página do Livro da Vida.

Para nossa Paróquia, este será o ANO DA LITURGIA. A liturgia é tema indispensável para nós cristãos. É pelas celebrações litúrgicas que Cristo nos reúne em assembleia e nos põe em comunhão com o Pai, pelo Espírito Santo. Por isso, é importante conhecer o sentido profundo da Liturgia e suas implicações. Convidamos você a percorrer esse caminho, participando dos vários momentos de formação e aprofundamento que teremos ao longo de 2019. Tudo isso faremos sobre a orientação do Mestre por excelência, Jesus Cristo, com humildade, de coração aberto e com auxílio de assessores que nos ajudarão neste aprofundamento litúrgico.

Na nossa caminhada Diocesana, este é um ano importantíssimo, pois iremos viver um TEMPO DE ASSEMBLEIA. Estão programadas a Revisão do Plano da Ação Evangelizadora e Pastoral 2015-2019 (fevereiro), a Assembleia Comunitária (maio), Assembleia Paroquial (agosto) e Assembleia Regional (dezembro). Sendo que a Assembleia Diocesana acontecerá em março de 2020.

Assembleia é instrumento significativo de comunhão e participação de todos os membros da Igreja, favorecendo uma melhor visibilidade da Igreja de Cristo.

A Assembleia consiste num momento muito importante de reflexão sobre a Igreja, pois,reúne, conforme o caso, o Bispo Diocesano, seus cooperadores, os presbíteros e representantes dos mais diversos serviços e ministérios. A assembleia de pastoral é expressão máxima da Igreja local. Aí, revela-se como a Igreja está sendo construída e o que ainda falta para alcançar a maturidade eclesial, sendo, cada vez mais, de acordo com a Igreja de Jesus Cristo.
Toda Assembleia de Pastoral é também um momento importante para se tomarem decisões sobre a caminhada pastoral da Diocese, das Paróquias, Comunidades, pastorais, movimentos e serviços. Trata-se de um momento de decisão sobre como melhor realizar a missão principal da Igreja: tornar Jesus Cristo cada vez mais querido e seguido. (Livro da Caminhada 351-353)

O Papa Francisco convida toda a Igreja para um Mês Missionário Extraordinário, em outubro de 2019, por ocasião do centenário da promulgação da Carta Apostólica Maximum illud (Ele é o máximo -“carta magna” da atividade missionária e evangelizadora), com a qual Bento XV quis dar novo impulso à responsabilidade missionária de anunciar o Evangelho. A proclamação do Mês Missionário Extraordinário tem como objetivo despertar a consciência da missão ad gentes (missão aos povos) e retomar com novo impulso a transformação missionária da vida e da pastoral, de modo que todos os fiéis tenham verdadeiramente a peito o anúncio do Evangelho e a transformação das suas comunidades em realidades missionárias e evangelizadoras (cf. EG 268).

Tendo como bases esses três acontecimentos (Ano da Liturgia Paroquial, Assembleias e Mês Missionário Extraordinário), podemos perceber que 2019 será um ano de muito aprofundamento na Paróquia, na Diocese e na vida da Igreja no mundo. Não podendo esquecer da dinâmica que continua com os Calendários Diocesano, Regional e Paroquial. Tendo como princípio reuniões e formações das diversas Pastorais, nos Movimentos e Serviços.
Estejamos abertos ao que vem e que possamos aprender, mudar o que precisar ser mudado e construir novas ações pastorais, que ajudem na caminhada de Igreja e do Povo de Deus.

Feliz 2019! Muitas bênçãos de Deus!

Contamos com a intercessão de N. S. Aparecida e São Geraldo! Rezem por nós!

Pe. Hideraldo Veríssimo Vieira
Pároco

Pe. Sérgio Henrique Gonçalves
Vigário Paroquial

FacebookWhatsAppTwitter

Veja também