Ministério de Acólitos

11 de março de 2018

“Servir a Deus com AMOR”

Em fevereiro, o Ministério de Acólitos da nossa paróquia comemorou seu primeiro ano de instituição. Diante das infinitas opções que o mundo oferece, jovens das diversas comunidades da paróquia permanecem firmes no propósito de servir a Deus e a seu povo.

A palavra acólito significa acompanhar no caminho. Dado que se pode acompanhar alguém indo à frente, ao lado ou atrás de outras pessoas, acólito é aquele que, na celebração da liturgia, está para servir e ajudar. Enquanto faz tudo isso, agradece a Jesus por ter estado a servi-lo na pessoa dos seus ministros, e pode lembrar-se daquela palavra do Senhor: Tudo aquilo que fizestes a um dos meus irmãos, mesmo aos mais pequenos, foi a mim que o fizestes.

Podemos então dizer que o acólito, desde o princípio até ao fim da missa, acompanha, ajuda e serve o próprio Jesus.

Ele não o vê com os seus olhos; mas a fé ensina-o. Um verdadeiro acólito vai descobrindo isto a cada dia. Se um acólito não o descobre, corre o risco de se cansar de ser acólito. Mas se o descobre e acredita nisso, então vai desejar sempre ser escolhido para servir.

O papa João Paulo Segundo, em uma de suas cartas destinadas aos sacerdotes de todo o mundo, destacou a importância do ministério de acólitos: “O grupo de acólitos, bem acompanhado por vós (presbíteros) no âmbito da comunidade paroquial, pode percorrer um válido caminho de crescimento cristão, formando quase uma espécie de pré-seminário”, declara.

“Recorrendo à cooperação de famílias mais sensíveis e dos catequistas segui, com solícita atenção, o grupo dos acólitos para que, através do serviço do altar, cada um deles aprenda a amar cada vez mais o Senhor Jesus, reconheça-O realmente presente na Eucaristia e saboreie a beleza da liturgia”, sugere o Santo Padre.

Aos jovens da nossa paróquia que querem fazer parte desse ministério, convidamos para participar da formação de acólitos, as inscrições podem ser realizadas na Secretaria Paroquial durante o mês de março.

FacebookWhatsAppTwitter

Veja também