Seja bem-vindo(a) ao Site da Paróquia São Geraldo

Acesse nossas Redes Sociais

Notícias

02/03 Quarta-feira de Cinzas
Compartilhar

A Quarta-feira de Cinzas marca o início da Quaresma, Tempo Litúrgico que muito nos ajuda em nossa conversão, pois nos convida a intensificarmos a oração e a penitência. Inspirada no costume dos antigos judeus de se assentar sobre as cinzas como sinal de arrependimento, a celebração conta com um costume de colocar cinzas bentas sobre as nossas cabeças, para nos remeter tanto ao arrependimento dos pecados cometidos, quanto à brevidade da vida, já que “somos pó e que ao pó da terra voltaremos” (Gn 3, 19).

Nesse aspecto, o Diretório sobre a piedade popular e a liturgia (Art. 125) diz que “o gesto de cobrir-se com cinza tem o sentido de reconhecer a própria fragilidade e mortalidade, que precisa ser redimida pela misericórdia de Deus”. Para tanto, o rito da Missa de Quarta-feira de Cinzas muito colabora para essa compreensão, já que o sacerdote ou ministro ao impor as cinzas sobre os presentes, individualmente lhes diz: “Arrependei-vos e acreditai no Evangelho” (Mc 1,15) ou “Lembra-te, homem, que és pó da terra e à terra há de voltar” (Gn 3,19).

Contudo, se faz necessário ressaltar que para absorvermos a riqueza dessa liturgia até mesmo em todo período quaresmal, precisamos buscar ter uma legítima vida de oração. Sem oração, não há encontro consigo, com a própria consciência, e provavelmente não haverá arrependimento que é uma das motivações para a penitência. Igualmente, sem oração não há contemplação dos mistérios da fé, sem a qual os homens se reduzem à uma mentalidade puramente materialista e sensorial.

Por isso, ao recebemos as cinzas, com autêntica humildade e em oração, somos convidados a iniciar nossa quaresma, com o propósito de ter um coração contrito (Sl 51, 17), que agrade ao Senhor, pois uma vez que Ele sonda o nosso interior e conhece bem o nosso histórico de pecados, Ele deseja que nos arrependamos e nos emendemos para de forma mais digna participar da Sua Páscoa.

VEJA TAMBÉM